Um fiz um foguinho

Parece que ainda muito menino, meu pai tacou fogo no poleiro do meu avo, provavelmente na casa da Alameda Lorena. Meu avo logo apagou o fogo, e não há relatos de aves que tenham sofrido com a inprudencia de meu pai.

Depois do tudo resolvido, o fogo debelado, os adultos em volta aliviados, meu pai ainda atordoado com as consequencias de seus atos, ele justificou: “Mas eu fiz um foguinho, virou um fogao!”

Tem liderança por ai com a mentalidade de meu pai pré-escolar. Será que poderiam, dentro de suas possibilidades, ir buscar agua e não atiçar mais o conflito, seja em Israel ou no Brasil?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s