O julgamento do mensalão

Vou dizer o que acho do julgamento do mensalão, e vou botar no feice pois essa plataforma do Tzukerle pode ter sua beleza, mas ela facilita a polarização e minha opinião será igualmente mal vista por todos os lados.

Quando o julgamento começou ninguém achava que esses caras iam ser presos e foram. Ninguém no país acreditava que aquilo ia dar em alguma coisa. Acho que só o procurador-geral, completamente imerso na investigação dos crimes, acreditava que tinha que dar em algo, mas mesmo a expectativa dele poderia ser taxada de wishful thinking. Bom, o wishful thinking venceu, e ficamos assombrados. Todos nós. Eu e você. Dirceu e Genoíno. Lula e Serra. Como é que é? Presos?

Em todo julgamento há imperfeições. Veja estatísticas de resultados de julgamento levando em conta raça, classe, etc. A justiça não é perfeita. Que alguns banqueiros no lugar errado na hora errada vão pagar mais caro que um sujeito como o Delúbio Soares é lamentável. Mas não há inocente na cadeia, nesse caso. Eu tenho pena das mulheres encarceiradas do mensalão. Mas quer saber? Eu presto contas de cada centavo de meus míseros financiamentos da Fapesp, eu ainda não recebi a minha restituição de 2012 e eu torço para que elas saiam dessa com saúde e com ânimo para retomar a vida em liberdade. Se quiserem vir na minha casa depois para tomar um café, vou recebê-las como amigas, pois erraram e já vão ter pago – até mais que os outros – pelo que fizeram.

O judiciário fez sua parte. Tirou o país da rota autoritária que o Dirceu, mesmo sendo um incompetente trapalhão, queria nos colocar. Era sim um julgamento político, e não há nada errado com um certo “uso político” que se faça, do julgamento original ou do recurso. Foi um julgamento sobre valores democráticos, que não foram seguidos e quem não seguiu se deu mal. Vão tentar novamente, se não forem esses serão outros, pois a democracia é algo extremamente produtivo – vejam nos índices os milagres que ela faz – e extremamente frágil também. Então fica o aviso, de que temos um judiciário funcionando.

Gente, isso não é pouco! Nós – temos – um – judiciário. Não somos como outros países onde um dia o sujeito é rei e pode tudo e no outro deve fugir para salvar a pele. Acho que o julgamento do mensalão é o “single most important element” para dissuadir tentativas autoritárias. Não concordam? Então qual é? Os valores cívicos que inculcamos nos jovens no ensino médio, por exemplo?

Tá, vão ficar no semi-aberto. É uma pouca vergonha. Mas é o sistema funcionando, o O. J. Simpson também foi solto. O Zimmerman está solto. Mas as coisas não são tão fáceis assim. Mesmo quando o sistema falha no principal, a rota dessas pessoas muda. E regime aberto ou fechado – a condenação mudou a rota dessas pessoas, a condenação tirou a legitimidade do abuso, do roubo, deu nome aos bois.

O presidente escolhe os juízes do supremo e os escolhidos votaram num processo que já estava em curso. É estranho. Mas os eleitores que votem no presidente da próxima vez pensando nisso também, e não apenas no crédito abundante e na Copa do Mundo. Votaram nesses governos por causa de um arrochozinho de nada do FHC, que qualquer um teria desafrouxado logo em seguida. O custo vai ser engolir um regime semi-aberto. Tá. Vamos engolir, e bola pra frente.

Toffoli pra mim é nome de palhaço. E agora com vocês… o palhaço Tóffoli! Mas ele é juiz, fazer o quê? É juiz do tribunal mais importante do país. Do nosso país. Um tribunal que funciona, que trabalha, que não é perfeito, que é necessário. Isso é o mais importante. Não acho uma vergonha que os mensaleiros estejam em prisão semi-aberta. Vergonha eu teria se eles tivessem sido absolvidos, se estivessem livres e poderosos, ou se não estivessem tendo a oportunidade de pagar de modo razoável, decente, humano, pelos crimes cometidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s