Gorender

Tivemos que ler tanto o livro do Gorender na faculdade que agora que ele faleceu um amigo me mandou o link, sem nada no email, pois sabia que eu já me lembraria das tardes na bilbioteca da FEA lendo o Gorender.

Que em “Escravismo Colonial” sustentou a tese, repleta de estatísticas, de que a empreitada escravista no Brasil era um produto capitalista. Que os senhores de escravos faziam cálculos maximizadores na hora de investir em escravos e cuidar de sua “manutenção”.

A tese é elegante mas o volume de leituras era exagerado. Deveríamos ter lido Faoro, claro, o leitor já adivinhou. Deveríamos ter comparado várias leituras, que é também o que não proponho nos meus cursos. Sempre querendo dar uma “visão alternativa”, acabamos virando ideólogos. Paciência. Erramos.

Erramos nas nossas teses e nos métodos de ensino. Erramos nos processos de avaliação e seleção. Erramos com intenção e sem querer. Quando seguimos outros ou quando agimos sem ouvir ninguém. Com maldade ou querendo fazer o bem.

Que Gorender encontre à frente um Deus piedoso, e que interceda por nós quando precisarmos.

Anúncios

2 respostas em “Gorender

  1. Sim, o Gorender não era bobo. A tese não estava correta, mas foi erro sem intenção. Ambos perceberam que aqui havia algo distinto da história européia escolar. Mas o Gorender achou que era uma forma especial de capitalismo. E o Faoro foi buscar em Portugal a chave de tudo. Acho que Faoro está correto. O que não quer dizer que, no Brasil, os senhores de escravos não tenham tido uma mentalidade contábil de tipo moderna, que servia aos interesses comerciais da Coroa. E lembrando que não reli o livro desde que me formei, e posso estar errando em detalhes ou mesmo na tese central. É o que me lembro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s