UNESP e a educação global

Aqui vão algumas idéias para a UNESP, retomadas por conta desses novos desenvolvimentos na educação global. Anexos, coloquei uma planilha com algumas interessantes iniciativas passadas e atuais e também um antigo documento meu, mais extenso, de 2010.

1. a Unesp pode melhorar muito a sua comunicação interna, com maior eficiência e também ganhos no próprio processo de produção acadêmica. Isso pode ser feito com sistemas flexíveis e em rede de comunicação, centrados nos membros da comunidade, que permitiriam que todo o seu potencial fosse alcançado.
2. A melhor comunicação interna, e mais transparente, serviria sem custo adicional como mecanismo de divulgação de suas atividades e da sua produção universitária, fazendo da Unesp um referencial universitário para o país.
3. Paralelo a isso, a utilização de um novo sistema de apoio às aulas poderia integrar a universidade à nova cultura universitária global, com oferecimento de cursos em escala global em paralelo ou independentemente dos cursos presenciais normais. Novamente, isso seria feito com custo extremamente baixo, pois estaríamos apenas aproveitando o que já produzimos e disponibilizando, em redes globais de conhecimento, essas práticas.
4. Anexo, a planilha Audacity.xls com algumas das iniciativas que considero interessantes acompanharmos nos próximos meses, que prometem ser de grandes transformações.
5. Também anexo um antigo documento que preparei, Ocarassu.doc. Como o documento é antigo, do primeiro semestre de 2010, pode estar defasado em algum aspecto.
6. Algumas possíveis críticas a essas iniciativas descritas acima não se sustentariam em um debate racional; hoje a comunicação é parte do sucesso de qualquer instituição, e os benefícios que traz em termos de inovação, melhora da sociabilidade, e sentimento de pertencimento dos membros da comunidade, para não falar em eficiência, superam em muito quaisquer desconfortos que tenhamos em ver a nossa instituição representada tal qual ela de fato é.
7. como sugestões práticas, penso que deveríamos: envolver o Everton, da Wikipédia e da OKFn-Brasil. Analisar Google, Elgg para os itens 1 e 2. Acompanhar iTunes U e especialmente MITx. Twitters que vale a pena seguir: a @chronicle, a @OKFN e a @OKFnBR, e especialmente a @GlobalHigherEd. Acredito que o MITx seja a iniciativa mais interessante até o momento para o aspecto didático, por ter uma concepção de ensino global que parte da experiência da sala de aula.

Ocarassu, Audacity

Anúncios

Uma resposta em “UNESP e a educação global

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s