Nossos casarões

Hoje fui acompanhar as filmagens do Teatro para Alguém, que estão no site do projeto, aqui. A idéia é transmitir as filmagens pela internet – tem gravação amanhã e domingo – e depois editar e colocar o filme completo no site. Originalmente eles queriam gravar numa casa antiga no centro, mas depois foram para o Casarão do Belvedere, link aqui e aqui.

Gosto muito do Henrique Schafer, como ator e como pessoa, e acho que ele está fazendo um trabalho legal. Como só vi as cenas hoje, não deu pra ter uma visão geral do trabalho. Mas a casa me impressionou. Na casa mora um ator, e ela serve de espaço cultural. A casa, meio depenada, foi da família dele. Na saída das gravações, eu e o Henrique ficamos falando dessas coisas.

O que é casa? O que são as heranças? Falamos daquele filme francês que sempre passa na TV, sobre a mãe que guarda em casa as obras de arte do tio, com quem teve um caso. Falamos de nossas heranças, nossos casarões. Falamos de heranças que a cidade deve preservar, e que as pessoas devem deixar passar. Fiquei contente de chegar em casa, ver a vista da Serra da Cantareira, já dando adeus.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s