Aula extravasada

As aulas ficam concentradas num dia só; no meu caso quarta-feira. Das 8 às 11:30 e depois num horário secreto, que não está escrito em lugar algum, que acredito ser das 7:30 às 10:30. Por um lado muito prático, mas por outro cansativo, pois é bastante aula num dia só, que vai das 12 às 12.

Mas parece que não falei tudo. Não respondi todas as questões, não pedi atenção a todos os conceitos importantes. Contei causos, isso fiz. Contei a histórias das duas feijoadas em Pittsburgh para explicar o conceito de sociabilidade de Simmel, e analisei uma reunião estudantil para discutir o bandeijão para explicar o conceito de grupos do mesmo autor.

Pois, para você leitor acima de 40, revelo que os alunos continuam discutindo o bandeijão como nos anos 80, nas universidades públicas brasileiras. Caíram muros e prédios, já lá se vai um quarto de século, mas os alunos continuam discutindo o bandeijão.

Não importa; o que importa é essa sensação de que faltou falar alguma coisa, de que a aula não acabou, se extravasa pelos outros dias sem aula da semana. Imagens: os alunos com seus textos grifados, discutindo entre si, se referindo às leituras complementares.

Anúncios

Uma resposta em “Aula extravasada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s