Um Caso Clássico de Conversão

No Mais! desse domingo um relato tão comum sobre um esquerdista arrependido que bem poderia ter sido um recorte-e-cole de outros casos iguais. Com todos os ingredientes de conversão: um olhar acurado sobre a história, uma esposa que não tem papas na língua, uma observação mais atenta sobre o comportamento das pessoas, um cansaço com a mídia de esquerda, umas leituras em economia que nunca caem mal e um rabino sereno que também sempre ajuda.

Li sem interesse, quase por obrigação, não havia nada de novo e muito menos imprevisível.

O único elemento digno de nota era um certo atraso. Lembro que quando o Jarbas de Holanda saiu do PC, contei para meu pai, que me retrucou: “Mas só agora? Fiz isso há 20 anos.”

O divertido é uma professora da USP pasma e um ator brasileiro dizendo que a obra transcende o artista. Já desconfiava, mas nunca quis bater o martelo: o pessoal da USP acha que entende mais os autores que os autores. Há no Butantã gente que conhece mais Habermas que o filósofo alemão; mais Heller que a filósofa húngara, e assim por diante. Sobre Mamet, então, o escritor americano deveria dar uma passada aqui no Brasil para, enfim, se entender.

Anúncios

Uma resposta em “Um Caso Clássico de Conversão

  1. pois é, a minha leitura é bem diferente. o david mamet é genial (homicide, state and main). mas as coisas por lá vao tao mal que até pessoas geniais falam besteira. O trecho sobre as forças armadas é de envergonhar: “those men and women who actually risk their lives to protect the rest of us from a very hostile world”. putz! abssg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s