Férias

O semestre já acabou há um tempo. Ficou na minha cabeça a frase de um garoto citada num dos trabalhos. A situação era essa: Meus alunos bolaram um teatro para uma turma, para despertar os garotos para a importância do Português, e relataram a experiência no trabalho. Os garotos, que achavam gramática um saco, adoraram o teatro. Ao final, um garoto perguntou ao grupo: “posso ficar com o papel?”

Achei tão bonito isso, “posso ficar com o papel?” O garoto descobria naquele exercício a importância do texto, o significado da escrita.

Mas são férias, quem passou, passou. Quem permanece no site são os reprovados, pedindo prazos, apontando injustiças. “Eu não venho nas aulas, não faço os exercícios, escrevo o trabalho de qualquer jeito e você ainda me reprova? Francamente!” Ser professor é um pouco isso, quem dá certo, voa. Te deixa algumas idéias e tchau.

Anúncios

Uma resposta em “Férias

  1. acho que e’ o max weber quem escreveu, em “ciencia como vocacao”, que dar aulas e’ ter que encarar de frente a burrice. talvez nao com essas palavras, claro…abssg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s